Dicas de Consumo e Economia

O uso consciente de energia elétrica só traz benefícios a todos. Além da economia financeira, também representa o cuidado com o meio ambiente. Melhor para você, melhor para o mundo.

1. Ar-condicionado:

  • Durante as épocas de maior calor, o uso do ar-condicionado pode contribuir com o aumento do consumo de energia. Por isso, mantenha os filtros limpos para não forçar o aparelho a trabalhar mais.
  • Outra dica é evitar o frio excessivo, regulando a temperatura em cerca de 23 graus. Lembre-se: quanto mais frio, maior o uso da energia. Nesse caso, também é importante manter portas e janelas fechadas para evitar que o ar frio escape.
  • Substitua, quando possível, o seu aparelho por um que possua o selo PROCEL/INMETRO de economia de energia.
  • Utilize a ventilação natural. O ambiente arejado é importante para a saúde. Instale o aparelho em local com boa circulação de ar, evite áreas expostas a raios solares.
  • Não desligue o seu ar condicionado do disjuntor, utilize sempre o botão específico no próprio aparelho.

2. Computador:

  • Nas pausas mais prolongadas, desligue totalmente o aparelho, inclusive o estabilizador.
  • Nos caso de desktop, sempre que ocorrer uma pausa no trabalho, desligue o monitor e, se possível, configure-o para desligar automaticamente após um período sem utilização.

3. Geladeira e Refrigerador:

  • A geladeira é um dos equipamentos que mais consome energia em uma residência. Por isso, prefira sempre os modelos com o selo Procel A, que são mais econômicos.
  • Também evite abrir e fechar a porta do aparelho a todo instante. E, quando abrir, pegue o que precisa com rapidez para evitar que o ar frio escape.
  • Não seque roupas atrás da geladeira. Além de sobrecarregar o parelho aumenta o consumo de energia.
  • Verifique sempre o estado das borrachas de vedação da geladeira.
  • Outra dica importante é sempre deixar um espaço entre a geladeira e a parede, o que evita o aquecimento do equipamento.
  • Descongele a geladeira periodicamente. Fazer o degelo é essencial para evitar maior demanda de energia.
  • Não guarde alimentos quando ainda estiverem quentes.
  • Não forre as prateleiras internas com vidros ou plásticos, pois bloqueia a circulação interna do ar frio.  

4. Chuveiro elétrico:

  • O chuveiro elétrico é, na maioria das vezes, o aparelho que mais consome energia em uma residência. Por isso, sempre que possível, mantenha-o na função verão.
  • Lembre-se de fechar a torneira para se ensaboar e limpe a saída da água periodicamente.
  • Além disso, procure ligar o chuveiro quando a maioria dos outros aparelhos estiver desligada para não sobrecarregar a rede elétrica.
  • Nunca mova a chave verão/inverno do seu chuveiro com ele ligado. O choque pode ser fatal.
  • Cada chuveiro deve possuir um disjuntor independente, direto da medição. Se você tem dois chuveiros, instale dois disjuntores adequados à potência de cada um.
  • Nunca reaproveite uma resistência queimada. Além de aumentar o consumo, coloca em risco sua segurança. 

5. Ferro Elétrico:

  • O ferro elétrico pode representar até 7% do valor da sua conta de energia. Procure acumular o máximo de roupas antes de passar. Assim, você usa a energia com mais eficiência e economiza na conta.

 

  • Use o ferro no grau correto de aquecimento para cada tipo de tecido e inicie o trabalho pelas roupas mais pesadas. No caso dos ferros automáticos, regule a temperatura. Passe primeiro as roupas que precisam de menos calor, após desligar o ferro, aproveite ainda para passar algumas roupas leves.   

6. Iluminação:

  • Troque suas lâmpadas halógenas ou fluorescentes por lâmpadas de LED, pois são mais econômicas.
  • Evite acender lâmpadas durante o dia, abra a janela para aproveitar ao máximo a luz natural.
  • Apague as lâmpadas dos ambientes em que não houver ninguém usando.
  • Pinte o teto e as paredes internas com cores claras, porque refletem melhor a luz, diminuindo a necessidade de iluminação artificial.
  • Dê preferência às lâmpadas duplas ou triplas com reatores eletrônicos incorporados, e fluorescentes compactas (LFC) ou circulares. Além de consumir 1/3 menos energia que as correlatas incandescentes, duram 10 vezes mais.
  • Se você utiliza uma lâmpada incandescentes de 100W, ao substituí-la por uma fluorescentes de 32W você estará economizando da ordem de 60% da energia consumida. 

7. Televisão:

  • A TV pode representar, em média, até 15% do valor da sua conta. Por isso, não deixe ela ligada quando não houver ninguém assistindo.
  • Também evite o hábito de dormir com a TV ligada ou programe o aparelho para desligar automaticamente. É importante lembrar que mesmo desligada a TV ainda consome energia. Nesse caso, a melhor opção é retirá-la da tomada quando não estiver usando.
  • Desligue o aparelho quando não houver ninguém assistindo.

8. Máquina de lavar:

  • Procure lavar o máximo de roupas possível de uma só vez.
  • Mantenha o filtro da máquina sempre limpo para não ter que repetir a operação “enxaguar”.
  • Escolha máquinas com selo Procel ou classificação A do Inmetro.

Dicas de Segurança

As dicas que a Enel separou para você ensinam como utilizar a energia elétrica de maneira segura.

1. Prevenção contra raios:

  • Evitar banhar-se durante a ocorrência de tempestades.
  • Evitar uso de chuveiro ou torneira elétrica.
  • Evitar contato com objetos com estrutura metálica como fogão, canos, etc., sobretudo se a residência se encontra em campo aberto.
  • Evitar ligar equipamentos elétricos para a proteção do próprio aparelho.
  • Desconectar das tomadas aparelhos eletrônicos.
  • Se possível, permanecer dentro de casa enquanto a tempestade durar.
  • Evitar contato com objetos metálicos como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas.
  • Evitar estar perto de tratores, máquinas agrícolas, motocicletas, carroças.
  • Evitar estar perto de locais como campos abertos, pastos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes, locais elevados. 

2. Para sua casa:

  • Utilize protetores nas tomadas, principalmente se houver crianças em casa.
  • Não utilize eletrodomésticos com as mãos molhadas, você pode acabar levando um choque.
  • Não coloque objetos metálicos, como grampos ou clipes, nas tomadas nem dentro de aparelhos que usam eletricidade.
  • Só limpe equipamentos elétricos após desligá-los da tomada.
  • Equipamentos eletrônicos sensíveis, como microcomputadores, precisam de estabilizadores de tensão. Não ligue vários aparelhos na mesma tomada e procure evitar o uso de adaptadores.
  • Antes de ligar aparelhos elétricos, verifique se a sua tensão está de acordo com a fornecida pela concessionária.
  • Os fios desencapados provocam choques, curtos-circuitos e, às vezes, incêndios. Passar fios por baixo de tapetes ou por trás de cortinas também pode causar incêndios.
  • Se os galhos das árvores estiverem próximos da rede elétrica é perigoso cortá-los. Para evitar acidentes, o certo é chamar a Enel para fazer a poda.
  • Antes de trocar uma lâmpada, não confie no desligamento apenas do interruptor, desligue a chave geral e ilumine bem o local com lanterna ou vela. Além disso, segure sempre pelo vidro e nunca toque nas partes metálicas da lâmpada ou do soquete.
  • Quando for instalar antena de TV no telhado, tenha muito cuidado para que ela não toque na rede elétrica, provocando choques graves. Para evitar acidentes, o certo é chamar um profissional para fazer a instalação.  

3. Para construção:

  • Construir casa próximo ou sob a rede elétrica não é permitido: se a rede elétrica estiver passando sobre o terreno onde você pretende construir, informe-se com a Central de Relacionamento sobre como proceder.
  • Ao manobrar barras de metal, canos, arames, trilhos, suportes de luminosos, escadas e outros objetos metálicos, tome muito cuidado para não tocar nos fios.
  • Nunca deixe fios desencapados, isso coloca em risco a vida da sua família e animais de estimação.
  • Desligue a chave geral sempre que for realizar reparos nas instalações elétricas da sua casa e chame um profissional habilitado para fazer o serviço.
  • Ao rebocar ou pintar paredes, tenha cuidado: se existirem fios elétricos por perto, jamais se aproxime deles.
  • Respeite os avisos de perigo, nunca suba em postes ou torres de transmissão. 

4. Pipas:

  • Nunca solte pipa perto da rede elétrica, o choque pode ser fatal.  

5. Fio Solto:

  • Nunca toque em fios de energia caídos na rua, pois eles podem estar passando corrente e causar choques graves. Se encontrar um, ligue imediatamente para a Enel, para que ela providencie a remoção.